Mil mãos de compaixão

Um canto coreano de espiritualidade e iluminação

 

Um mantra, para uma natureza inerentemente iluminada,

Diga somente verdades,

E desapegue-se completamente das desilusões,

Como um bom karma e um mal karma,

Gostos e desgostos,

Pureza e sujeira:

 

Diga da verdade, e cada palavra se tornará um mantra,

Diga o oposto da verdade, e cada palavra se tornará um karma.

 

Todos os Buddhas, através de todos os reinos,

Estão neste mesmo momento, dentro da minha única alma,

Confiar honestamente em minha única alma,

Já é por si só, um verdadeiro mantra.

 

Minha única alma, presente em todos os reinos,

Irei segui-la incessantemente,

Irei confiá-la seriamente.

 

O mundo em que nós vivemos

Não é outro, diferente da realidade de Buddha.

Aqui, a Primavera é eterna,

Flores florescem infinitamente,

E a fragrância ao ar está sempre presente.

 

A alma de todos os Buddhas estão sempre presentes dentro da minha única alma.

 

A alma de todos os Buddhas são a minha alma.

Nada do que vejo, escuto ou faço,

Existe à parte da verdade que eles conhecem.

 

A minha única alma, por si só, é o Buddha-dharma,

Que está presente em todos os aspectos da minha vida.

 

 

Se eu realmente me despertar,

Todas as direções irão se abrir como uma explosão,

E tudo será totalmente completo

Assim como tudo é, da maneira que é.

 

Todas as coisas que se originam,

Todas as coisas que faço,

Irei confiar em minha única alma

Pois ela é a responsável por todas as situações.

 

As almas de todos os Buddhas são a minha única alma,

Então peço à minha única alma

Para cuidar de tudo da minha vida

 

Avalokitesvara,

A Bodhisattva da Compaixão,

Que escuta às lamentações do mundo todo,

Reside em minha única alma.

Como posso expressar a minha gratidão?

 

O grande poder de salvamento de todos os Buddhas

É o poder de salvamento da minha única alma.

Com isso, posso viver todos os dias,

Livre de qualquer obstáculo.

Que maravilha!

 

As mãos de compaixão de todos os Buddhas,

São as mãos da minha única alma.

Seus toques harmonizam todas as realidades, as visíveis e invisíveis.

Como posso expressar a minha gratitude?

 

Os olhos iluminados de todos os Buddhas,

São os olhos da minha única alma.

Através da visão deles,

Vejo todo o universo da maneira como ele é,

E ao ver claramente os mortos,

Entendo completamente os vivos.

 

A sinceridade profunda de todos os Buddhas,

É a sinceridade da minha única alma.

Que sempre me guia iluminadamente,

Utilizando todos os meios, o visível e o invisível.

Com a compaixão infinita, ela revela a preciosa verdade,

De como todas as coisas fluem no universo.

A alma de todos os Buddhas está conectada à minha única alma.

Dotada de tudo e englobando tudo, ela é completa.

 

Minha consciência do passado, presente e futuro,

Todas tornam-se uma única consciência.

Desapegue-se de tudo completamente,

E até mesmo essa única consciência desaparecerá.

 

A fonte do planeta Terra é a minha única alma,

A fonte do Sol é a minha única alma,

Como a minha única alma pode não dar conta de tudo?

 

A fonte de todo o Universo é a minha única alma,

Que guia todas as coisas neste mundo interconectado.

 

Todas as almas são uma única alma,

Que se manifesta a todo momento

E me mostra o caminho.

 

A fonte do Universo é a minha única alma.

Que se manifesta a todo o instante,

Iluminando o caminho de todos os seres,

Ambos os seres vivos e mortos.

 

Minha única alma é a raiz de tudo.

Todas as coisas surgem dela,

Então irei confiá-la completamente.

E esse desapego preenche o meu coração de luz.

 

 

 

Inerentemente, não há caminho a encontrar,

Nem obstáculos a vencer.

A única alma é a fonte,

E essa é a verdade

Que se manifesta completamente em toda minha vida.

 

Sabendo que a sabedoria e a iluminação de todos os Buddhas

É a minha única alma,

Confio completamente em minha única alma

E irei seguir sua orientação com compaixão.

 

Ao seguir acreditando em minha única alma

E seguir a sua verdade profunda,

Eu me tornarei livre de todos os apegos

E serei capaz de utilizar toda essa habilidade infinita

que existe dentro de mim.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Acreditar nesta única alma,

Faz surgir uma firme intenção

E tudo será realizado.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Se eu acreditar e continuar acreditando

E seguir a minha única alma,

Adquirirei maior sabedoria

E o caminho para a liberdade se tornará mais clara.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Se eu acreditar e seguir a minha única alma,

Poderei me tornar única.

 

E ao continuar ajudando os seres menos iluminados,

Poderei salvá-los todos.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Se eu confiar em todos os votos que fiz à minha única alma,

Certamente me tornarei um Buddha.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Se eu confiar em tudo que busco à minha única alma,

Perceberei que o caminho que procuro está ao meu redor,

E inerentemente o “eu” não existe,

E sendo assim, não há necessidade de se obter nada mais.

Encontrarei aquele que diz

Que não há necessidade de se obter nada mais.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

“Vivendo” “Morrendo”,

Tais circunstâncias não são a minha verdadeira essência.

Então eu me tornarei uma única alma,

Que transcende todas as distinções,

Assim como os reinos da vida e da morte.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Virtude, preceitos e ações em harmonia com o Dharma,

São todas feitas através da alma.

Eu faço votos para obter isso sem demora.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Única alma,

É o Caminho que não é fixo,

Sua iluminação inerente nunca é perturbada

Pelo nascimento e morte.

Eu faço votos para conhecer a única alma sem demora.

 

Minha única alma é a Bodhisattva da Compaixão,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

Deixe-me saber que todos os Buddhas existem em minha única alma,

O lugar onde a iluminação é obtida.

 

Minha única alma escuta e responde

Todas as lamentações do mundo,

Então é nela que irei retornar e confiar.

 

A alma se manifesta livremente e trabalha em todos os lugares.

Deixe-me descobrir que todos os mestres iluminados

São a minha única alma.

 

Se o inferno de facas surgir em minha alma,

Faça com que toda energia envolvente da minha única alma,

Cause o colapso deste inferno.

 

Um único pensamento faz com que a minha alma

Vá para o inferno de águas escaldantes,

Mas quando este pensamento é dissolvido,

Este inferno entra em colapso.

 

Todos os reinos do inferno em minha alma

Desparecerão a medida que os pensamentos que os criaram

São extinguidos.

 

Quando a minha alma age como um espírito faminto,

Minha única alma pode envolver esta consciência,

Vivenciando esta unicidade, que é verdadeiramente preenchida.

 

 

Devo confiar em minha única alma para tudo,

Se a alma de um espírito maligno entrar em mim,

Ele irá se render à minha única alma.

 

Se a alma de um animal surgir em mim,

Ajude-me a aprender a verdade da não-dualidade,

Através da sabedoria profunda da minha única alma.

 

Através da única alma eu me refugio em Buddha,

Que vê a tudo e cuida de todos os reinos materiais e não-materiais.

 

Eu me refugio em Buddha e na única alma,

Que envolve o universo infinito

E todas as coisas com vida e sem vida.

 

Eu me refugio na única alma,

Com mil mãos

Que incessantemente cuidam de todas as coisas.

 

Eu me refugio na única alma,

Mantendo-a assim como ela é,

Que cuida de tudo e todas as coisas incessamentemente.

 

Eu me refugio na única alma,

Com toda harmonia envolvente

Que salva todos os seres de todos os lugares.

 

Eu me refugio na única alma,

Que cuida completamente de todos os seres

Através do mundo e universo.

 

Eu me refugio na única alma,

Com um pensamento único

Transcendendo o tempo e espaço,

Que nutre a tudo e a todos.

 

Eu me refugio na única alma,

Fornecendo iluminação a todos incessantemente.

Eu me refugio na única alma,

Que guia todas as vidas para o caminho iluminado,

Que não é nem mais longo ou mais curto,

Mais rápido ou mais lento.

 

Eu me refugio na única alma,

Que está sempre nos protegendo,

Que nos enriquece

E que nos dá o gosto do Darma.

 

Eu me refugio na única alma,

Livre de todas as formas e formatos

E que é capaz de se tornar em qualquer coisa.

Assim como o amor de um Bodhisattva,

Os pensamentos que surgem da minha única alma,

Envolvem a todos através de todos os reinos.

 

Eu me refugio na única alma,

O tesouro da envolvente compaixão.

 

Eu me refugio na natureza búdica,

Meu centro, minha fonte e meu mestre,

Que transcende a existência e não existência,

Através do qual a iluminação é obtida.

 

A profunda habilidade existente dentro de mim

É despertada não por palavras,

Mas pela determinação em salvar todos os seres.

 

Eu e o meu “eu” interior,

Juntos como um só.

Neste estágio, indo e vindo livremente

Sem deixar nenhum rastro,

Conseguimos usufruir uma sabedoria inabalável,

E a utilizamos sem nenhum obstáculo.

Assim como um vasto oceano,

Realmente entendemos o que isso significa.

 

Assim como a água que flui silenciosamente,

Que o meu coração possa sempre fluir

em direção à minha única alma.

 

Indo e vindo

Todas as coisas são feitas pela minha única alma.

Com uma mente que flui silenciosamente,

Eu me tornarei uma única alma.

 

Os sons das nossas recitações

Se espalham por todos os reinos.

Que todos os Buddhas e Bodhisattvas

cuidem de nós ao escutá-las.

 

Por favor, guie-me para que a minha alma

torne-se única com a alma de todos os Buddhas.

Com a sabedoria de um olho que não é um olho,

Por favor, faça com que isso aconteça

E cuide de mim.

Sem os olhos,

Continue observando e observando.

Indo e indo,

mudando e mudando,

Encontrando este vasto vazio da verdade

Todos os sofrimentos e desastres

Irão desaparecer e desaparecer.

 

Pensamentos iludidos de todos os tipos,

quando confiados à nossa grande e inabalável única alma,

Desaparecem,

Através da alma, determinação e diligência.

Que eu possa iluminar e aprofundar a minha sabedoria,

E conhecer esta grande e inabalável alma.

 

Que os olhos iluminados de sabedoria preencham este universo com luz,

Brilhando, iluminando tudo.

 

Que todos os seres

Tornem-se únicos,

Únicos com todos os Buddhas,

Única alma,

Único corpo.

Que todos os seres

Escapem juntos

Escapem juntos do sofrimento

E tornem-se livres.

 

Que eu possa ver o mundo como ele é.

Que eu possa cumprir todos esses grandes votos.

Que eu possa apoiar os princípios dos reinos invisíveis

Assim como as regras da sociedade.

Que eu possa me tornar uma única mão.

 

Que eu possa me desapegar da minha ganância e meus desejos.

Que eu possa desenvolver o poder de dissolver todos os hábitos do corpo.

Que eu possa desenvolver uma grande habilidade espiritual e cuidar da nação.

 

Que eu possa perceber que todos os espíritos dos mortos,

Através da amorfose e invisibilidade,

Não são separados desse reino das formas e da matéria.

 

Que todas as coisas que surgem em minha vida

Rendam-se e sigam

A minha natureza inerente

 

Todos os Buddhas,

Que dez mil flores floresçam,

E dez mil frutas amadureçam,

Que eu possa saber o seu verdadeiro sabor!

 

Louvor à única alma

 

Todos os lugares de inspiração e energia,

Todos os lugares onde a iluminação pode ser conhecida,

São encontrados na única alma.

Apenas confie completamente na única alma

E tudo que me afronta,

Assim como todas as discriminações e

pontos de vista a meu respeito e ao mundo,

irá desaparecer completamente.

 

E em nesse instante, eu me unirei à minha natureza inerente

E ao passado, o presente e o futuro

São a Terra Pura do Buddha.

 

Se a minha alma é pura e vazia,

Estarei tranquilo

Em qualquer lugar ou tempo em que estiver.

 

Em louvor à verdade

Que a minha consciência do passado, presente e futuro

Sempre funcione em conjunto como únicos.

 

A alma de todos os Buddhas é a minha única alma,

Inerentemente livre de manchas ou pureza.

 

Minha consciência passada,

Como um ser não iluminado,

Minha consciência presente,

Como um ser que se esforça para a iluminação,

E a minha consciência futura,

Como um Buddha iluminado

Serão únicos,

E tudo no universo, exatamente como ele é,

Será a fluidez contínua da minha única alma.

 

Inerentemente livre de todos os rótulos como “sujo” ou “limpo”,

Minha única alma é completa.

Assim como ela é,

É a verdade profunda

Que apóia tudo no universo.

 

 

A única alma de Buddha mantém todas as leis

De ambas realidades do reino visível e invisível,

E fornece a compaixão infinita a todos os seres.

 

Poema do arrependimento

 

Todas ações prejudiciais que cometi,

Todas as ações ignorantes

Que surgiram da ganância e do desejo,

Todo o dano

Causado pelo meu corpo, minha fala, e meu pensamento,

Me arrependo disso agora

Além de todos outros danos que causei.

 

Homenagem aos doze Buddhas que dissolvem todo karma

 

O Buddha cuja profunda humildade,

Gera a virtude, o comportamento justo,

E ações baseadas no Dharma.

 

O Buddha usa os tesouros da única alma

Para gentilmente observar e cuidar de todos os seres.

 

O Buddha, dotado de todo tipo de fragrância

E compaixão.

 

O Buddha, que toma decisões

De vasta e inconcebível importância.

 

O Buddha, dotado de virtude e mérito,

Que surge da vasta e harmoniosa alma.

 

O Buddha da grande determinação,

Que subjuga todos os obstáculos,

E destrói montanhas de karma.

 

 

O Buddha que venera o Dharma,

Transmitindo a verdade da iluminada e extensa única alma.

O Buddha cuja alma alegre e brilhante

Alcança todos os lugares.

 

O Buddha que é infundido com a fragrância

Da alma onipresente e ilimitada.

 

O Buddha que sabe completamente

Todos os estados da existência e inexistência.

 

O Supremo Buddha

Que foca em sua alma brilhante

E portanto jamais é enredado por nada.

 

O Supremo Buddha

Que tem tudo

E quem aplica o tesouro da única alma a todos

Sem nenhuma discriminação.

 

Arrependimento das 10 ações malévolas

 

Agora eu me arrependo de ter matado.

 

Agora eu me arrependo profundamente por ter roubado.

 

Agora eu me arrependo profundamente dos pensamentos e comportamentos sexuais impróprios.

 

Agora eu me arrependo profundamente de ter mentido.

 

Agora eu me arrependo profundamente por ter falado palavras manipulativas.

 

Agora eu me arrependo de ter falado mal dos outros e ter causado discórdia entre as pessoas.

 

Agora me arrependo profundamente de ter falado severamente com as pessoas.

 

Agora eu me arrependo profundamente por ter sido dominado

Pelo apego e desejo.

 

Agora eu me arrependo profundamente de ter ficado bravo.

 

Agora eu me arrependo profundamente de ter sido ignorante e iludido.

 

Com um único pensamento,

O karma ruim se acumulou

E através de infinitos eons desapareceu,

Não deixando nada para trás

Como uma grama em um incêndio.

 

Pensamentos ruins e ações infelizes não desaparecem por si só.

Eles emergem de acordo com os meus pensamentos.

 

Sendo assim, quando esses pensamentos desaparecem

O karma ruim também desaparece.

 

Enquanto eu me desapego

Dos meus pensamentos e comportamentos iludidos,

Se a minha alma ficar completamente vazia,

Isso poderá ser chamado de arrependimento verdadeiro.

 

O Mantra do Arrependimento

 

Que possamos nos despertar de como nós devemos viver,

E nos tornar verdadeiros seres humanos.

 

Se eu estiver sempre ciente e confiar na grande virtude e mérito da minha única alma,

Nenhum desastre do mundo poderá me afetar, e receberei a benção de todos os Buddhas.

Seja um ser celestial ou ser humano,

 

Qualquer um que encontrar este tesouro, essa única alma,

Obterá o Dharma supremo.

 

 

Eu me refugio em minha única alma,

A a mãe do céu e da terra,

A provedora da vida de todas as coisas.

 

O mantra para conhecer a inerente pureza da alma

 

Eu serei justa e sincera no meu comportamento.

 

O Dharma protetor da alma cuida do meu corpo

 

Confiar e desapegar,

O verdadeiro caminho ilimitado.

 

O mantra que mostra a profunda e sutil funcionamento da única alma

 

Através da alma,

Que eu possa dissipar todo o mal.

 

O mantra para conhecer a única alma,

Juingong, que é por si só a alma de todos os Buddhas.

 

Alma,

Com fases incontáveis que não são fases fixas.

Passarei todas elas

e retornarei para a grande jóia da alma.

 

Confiar sinceramente na única alma,

Determinado a saber a verdade e ajudar todos os seres,

Desenvolvendo esses grandes desejos,

Que a sabedoria do meu samadhi se ilumine rapidamente.

 

Que eu me atenha a todos os tipos de virtude.

Que as bênçãos que se desenvolvam da minha virtude me guiem

E sustente todos os seres.

Que todos os seres juntos alcancem a Buddheidade.

 

 

 

Os dez votos feitos por todos os Tathagatas

 

Através da alma,

Eu faço votos para nunca ser seduzido novamente

Pelos três estados malignos de consciência.*

  • essas são a consciência dos seres malignos, espíritos famintos e animais.

 

Ganância, raiva, e ignorância

Existem em minha única alma,

Eu faço votos para dissolvê-la sem demora.

 

Buddha, Dharma, e Sangha

Todos vivem em minha alma,

Eu faço votos para sempre escutá-los.

 

Preceitos, meditação e sabedoria

Todos são encontrados em minha alma,

Eu faço votos para cultivá-los incessantemente.

 

A verdade sobre a não-dualidade,

Ensinada por todos os Buddhas.

Eu faço votos para aprender e praticar incessantemente.

 

Eu conhecerei a verdade e obterei a iluminação.

Eu faco votos para sempre manter e cultivar essa determinação.

 

O Paraíso é encontrado em minha alma,

Eu faço votos para obtê-la.

 

Buddha Amitabha

Existente em minha alma,

Eu faço votos para encontrá-lo o quanto antes.

 

Eu faço votos para manifestar através do mundo todo.

 

Eu faço votos para salvar todos os seres.

 

Desenvolvendo os Quatro Grandes Votos

 

Irei salvar inúmeros seres não iluminados.

Irei dissolver as desilusões continuamente.

Irei aprender os ensinamentos infinitos do Dharma.

Irei obter a incomparável iluminação.

Faço votos para salvar todos os seres não iluminados que existem em mim.

Eu faço votos para dissolver todas as desilusões que existem em mim.

Eu faço votos para aprender todos os ensinamentos de Buddha, sempre presentes em mim.

Eu faço votos para obter a suprema iluminação, inerente em mim.

 

Ao desenvolver esses grandes votos,

Irei retornar e acreditar nos Três Tesouros da única alma.

 

Eu me refugio em Buddha,

Que é um em todos,

Em todos os lugares e em todas as dimensões.

 

Eu me refugio na verdade,

Sempre presente através de todos os reinos.

 

Eu me refugio no lugar para aprender a verdade.

Que são todos os lugares.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *